Enfermeira emociona internautas ao contar sobre plantão em pandemia

Enfermeira emociona internautas ao contar sobre plantão em pandemia

Em 28 de maio de 2020, a enfermeira intensivista, Taísa Land, fez um relato por meio do Facebook que emocionou milhares de internautas. Segundo a profissional, em seu plantão do dia anterior, ela presenciou, em poucas horas, a despedida de uma mãe e o medo de um homem que não queria dormir para não falecer.

De acordo com a enfermeira, ela resolveu compartilhar sua experiência nas redes sociais para conscientizar a população: "Foi um desabafo, para que tenham noção da realidade", disse ela, em entrevista à BBC News Brasil. 

No relato divulgado na web, Taísa começa com a história da paciente. Segundo a enfermeira, a idosa havia perdido o marido na semana anterior sem poder se despedir. Ele morreu em decorrência da Covid-19. "Ela estava muito cansada e, ao ser comunicada que seria intubada, pediu ao médico: não, doutor, por favor!", detalha a profissional de enfermagem. 

De acordo com a enfermeira, ver essa cena a comoveu demais:  "Nesse momento, agradeci por estar de máscara e face shield (protetor facial). Assim, ninguém poderia ver as lágrimas que escorriam. Tive que sair, andar pelos corredores sem rumo, respirar e voltar", relata.

Ela continua: "Penso que uma das piores coisas deve ser a consciência de que, em breve, você poderá morrer e não estar mais com quem ama. Como tenho medo disso", disse ela, em seu compartilhamento no Facebook.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Segundo a profissional intensivista, naquele plantão a idosa pediu o celular para ligar para a filha: "Do outro lado, a filha em desespero, rezando e pedindo a Deus com todas as forças pela vida da mãe". A enfermeira complementa: "Pode ter sido o último encontro dessa mãe com essa filha, sem um abraço, sem o conforto de estar com quem ama", explica Taísa, que se emocionou novamente, pois, é mãe de uma menina de quatro anos.

De fato, a ligação foi a despedida entre mãe e filha, pois, a idosa era diabética e dias depois não resistiu às complicações da doença. Ainda em 27 de maio de 2020, um homem que estava na mesma enfermaria que a idosa também apresentou complicações graves em decorrência da Covid-19. "Estávamos ao lado dele, fazendo tudo o que podíamos para estabilizar a sua pressão", conta a enfermeira.

Segundo Taísa, uma pergunta a comoveu novamente. "Ele, ainda consciente, perguntou: posso dormir?".  De acordo com ela, o idoso disse que estava com medo de pegar no sono e não acordar mais. "Respondi: pode relaxar, estaremos aqui cuidando de você", detalha.

A história continua: "Ele disse: eu sei que vou morrer essa noite. Realmente, ele sabia", pontua a profissional de enfermagem. Por fim, Taísa enfatiza: "É inexplicável o que estamos vivendo. Jamais seremos os mesmos. Que vírus maldito!", conclui.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias de enfermagem diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do PGE é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo da enfermagem. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O PGE é o principal responsável pela especialização de enfermagem no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Redes Sociais

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 003 7744
  •  

     

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

Botão Pós Graduação Responsivo

Agenda de Cursos - Inscrições Abertas