Inteligência artificial supera médicos em diagnóstico de câncer de mama

Inteligência artificial supera médicos em diagnóstico de câncer de mama

A inteligência artificial (IA) é uma área de estudo da ciência da computação que visa, por meio de inovações computacionais, gerar mecanismos ou dispositivos que consigam reproduzir a capacidade do ser humano de pensar, no intuito de resolver problemas. Nesse sentido, a tecnologia tem se tornado grande aliada da medicina. Um exemplo disso está no estudo publicado na revista britânica Nature, em que pesquisadores descobriram que o sistema é mais preciso do que os médicos no diagnóstico do câncer de mama.

Conduzido por pesquisadores do Google Health e da universidade Imperial College, em Londres, o estudo desenvolveu e treinou um modelo de computador com base em radiografias de mamas de 29 mil mulheres. A IA foi capaz de superar seis radiologistas e demonstrou a mesma eficiência de dois médicos trabalhando juntos.

Para se ter uma ideia de como o algoritmo foi assertivo, no sistema público de saúde britânico (NHS, sigla em inglês) é padronizado que dois médicos radiologistas avaliem o raio-X da paciente, durante a mamografia. Quando há divergências, um terceiro profissional é escalado para verificar o exame.

No estudo, o modelo de Inteligência Artificial recebeu as imagens anônimas, sem acesso ao prontuário das pacientes, diferentemente dos médicos, que tinham todo o histórico das mulheres. Após a análise, os resultados mostraram que o algoritmo era tão eficiente como o atual sistema de leitura realizado pela dupla de especialistas, mesmo sem ter contato com todas as informações.

Além disso, foi mais preciso no diagnóstico se comparado à análise de apenas um médico. Nesse caso, houve uma redução de 1,2% em falsos positivos, que é quando o exame demonstra, de forma errada, a presença do tumor; e redução de 2,7% nos falsos negativos, quando falha ao identificar a existência do câncer de mama.

Para o pesquisador, Dominic King, do Google Health, as conclusões do estudo são positivas. "Nossa equipe está muito orgulhosa dos resultados da pesquisa, que sugerem que estamos no caminho de desenvolver uma ferramenta que pode ajudar os médicos a identificar o câncer de mama com maior precisão", disse ele, em entrevista à BBC.

Vale ressaltar que, para se tornar um médico radiologista na Inglaterra são necessários, ao menos, dez anos de estudos. A leitura de raios-X é um trabalho muito necessário, mas demanda tempo. Por isso, estima-se que, atualmente, há uma escassez de cerca de mil profissionais em território britânico.

A Inteligência Artificial e a medicina em mamografias      

De acordo com os pesquisados, a IA não irá substituir o trabalho dos médicos na análise das mamografias. Eles explicam que, para o desenvolvimento do algoritmo foi necessária a presença humana. Além disso, reforçam que o estudo está em fase inicial, portanto, o sistema ainda não existe em consultórios médicos.

Os pesquisadores também explicam que, no futuro, quando o sistema estiver em uso nos hospitais e laboratórios, a ideia é que tenha, ao menos, um profissional encarregado do diagnóstico. Entretanto, enfatizam que a IA poderá tirar a necessidade de uma dupla de médicos para analisar os exames, fator que poderá contribuir, inclusive, para otimizar o trabalho dos especialistas.

"[O resultado] foi muito além das minhas expectativas. Vai ter um impacto significativo na melhoria da qualidade dos diagnósticos e, também, vai liberar os radiologistas para fazerem coisas ainda mais importantes", disse o coautor do estudo e diretor do Cancer Research UK Imperial Centre, Ara Darzi. 

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo da enfermagem. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 003 7744
  •  

     

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

Botão Pós Graduação Responsivo

Agenda de Cursos - Inscrições Abertas